Top 7 | Fatos interessantes sobre ‘Rick and Morty’

Top 7 | Fatos interessantes sobre ‘Rick and Morty’

Autor: 379

Rick and Morty, animação adulta criada pelos americanos Dan Harmon e Justin Roiland, virou um dos assuntos mais comentados em fóruns pela internet e rodinhas de amigos, dominando o universo nerd, e o motivo é simples: o desenho mistura comédia nonsense, ficção científica e um roteiro genial, com histórias que, além de te fazerem rir, te fazem pensar e até mesmo se emocionar em alguns momentos.

Mas mais do que roteiros e dublagem fantásticos, ‘Rick and Morty’ guarda algumas curiosidades sobre a produção que tornam tudo ainda mais interessante. O Uber7 preparou uma lista com sete fatos inusitados e brilhantes sobre a animação estadunidense mais aclamada dos últimos anos.

1. Paródia da dupla Doc e Marty do ‘De Volta Para o Futuro’

Rick e Morty eram, no início, uma paródia do clássico ‘De volta para o Futuro’. A primeira vez que ‘Rick and Morty’ foi mostrada ao público foi em um festival de animação em Los Angeles. Com o nome ‘The Real Animated Adventures of Doc and Mharti‘ e duração de 5 minutos, o curta era ainda mais agressivo e sarcástico do que o programa que assistimos hoje em dia e incluía uma cena em que Rick exige que Morty lamba suas partes íntimas. A referência, entretanto, ainda é clara quando você compara as duas duplas.

“Eu tinha acabado de sair de um emprego como produtor em uma série na qual eu estava criativamente algemado. Eu simplesmente tinha toda essa agonia e raiva e eu queria fazer algo que fosse nojento”, disse Roiland em uma entrevista para o site IGN. “(…)isso é ridículo. Mas me apaixonei por esses personagens e eles ganharam vida própria. Dan sempre foi fã desses curtas, e quando ele me ligou perguntando se eu tinha algo para o Adult Swim, essa foi a primeira coisa que mencionei. ‘Bem, que tal aqueles caras? Você tem interesse?’, e ele disse ‘Sim, é perfeito!’”.

The Real Animated Adventures of Doc and Mharti

2.Todos os arrotos do Rick são de verdade

Justin Roiland dubla não só Rick e Morty como também vários outros personagens que aparecem no seriado, como os Meeseeks, o Senhor Bunda Cagada (Mr. Poopybutthole) e quase todas as criaturas que aparecem nos programas de TV nos episódios Interdimensional Cable 1 e 2. Mas o que chama atenção do público é o tom de improviso e a espontaneidade de Roiland, além dos constantes arrotos que Rick solta.

Roiland, inclusive, já declarou que todos os arrotos são reais. As falas são marcadas para que ele saiba onde deve incluir os arrotos e, durante das gravações, ele bebe cerveja para que consiga arrotar sem maiores dificuldades. É possível encontrar vídeos do dublador bebendo enquanto grava a voz de Rick. Ele até fica realmente bêbado em uma das cenas.

3. Brecha jurídica para inserir formatos de pênis e vaginas no desenho

A série é cheia de alienígenas e criaturas estranhas que têm formato de pênis, de testículos ou até vaginas, o que poderia ser um problema. Mas a turma de desenhistas explica que há uma brecha na lei que permite que essas formas sejam inseridas desde que não tenham cores que lembrem o tom da pele humana. É a chamada “Regra da Cor”.

“Nós da parte artística logo aprendemos que, para conseguir a aprovação da emissora para mostrar todas essas coisas arriscadas, teríamos de garantir que elas não fossem coloridas com o tom da pele. É a velha Regra da Cor. Então se a cara de um alien parece com uma vagina ou com bolas, não tem problema, contanto que a gente coloque na cor azul ou roxa”.

rick and morty 2

4. Pickle Rick é uma homenagem a Walter de ‘Breaking Bad’

O episódio em que Rick se transforma em um picles para furgir de uma sessão de terapia em família e acaba caindo em um esgoto é um dos mais malucos de toda a série e, por incrível que pareça, foi inspirado em um outro seriado bem famoso: ‘Breaking Bad‘.

Dan Harmon afirmou para o site Fast Company que a história foi inspirada no episódio de ‘Breaking Bad’ em que o trailer de Jesse quebra no meio do deserto, deixando ele e Walter sem muitas alternativas.

“Foi interessante ver Walter preso num trailer quente, prestes a morrer e tendo que confiar no seu conhecimento de ciência para manter os dois vivos. Foi uma grande inspiração. Eu achei que seria legal essa ideia de testar a capacidade de Rick, que sempre tem esse monte de gadgets o tempo todo, essas armas, veículos e robôs. Ele pode fazer o que quiser com suas mãos humanas porque ele sempre está perto de uma caixa de ferramentas. Mas o quão esperto ele realmente é? Será que ele é tão esperto a ponto de conseguir, apenas com a boca, obter vantagem sobre máquinas assassinas biológicas em um ambiente que não foi desenvolvido para sustentá-lo?”.

pickle-rick

5. Os Meeseeks foram inspirados em uma HQ e em um gato

Os  Meeseeks são personagens carismáticos que têm como missão realizar um desejo e, logo depois, morrer. De acordo com Harmon e Roiland, eles foram inspirados em uma história em quadrinho chamada ‘Scuds: The disposable assassins‘, em que robôs chamados Scuds eram contratados para matar pessoas e, logo depois, se matavam. O nome Meeseeks, entretanto, foi inspirado no nome de um gatinho de um amigo deles, chamado Skeeseks.

Durante uma reunião de roteiro, Roiland se jogou no chão e começou a gritar “Olhe pra mim! Eu sou o Mr. Meeseeks” e todos acharam genial, incluindo o personagem no roteiro. Essa frase, aliás, virou o bordão dos Meeseeks.

meesseeks

6. A música “Goodbye Moonmen” foi gravada em 20 minutos para o episódio ‘Mortynight Run’

No episódio ‘Mortynight Run’, uma criatura gasosa que Rick apelida de Flatulência (Fart, em inglês) canta uma música psicodélica chamada “Goodbye Moonmen”, que leva as pessoas a entrarem em transe. Segundo Ryan Elder, compositor da trilha original da série, disse que no script havia somente a recomendação de que a música tivesse o estilo de David Bowie.

“O script apenas dizia: ‘Flatulência canta uma música no estilo de David Bowie’ e tinha a letra. Então eu escutei David Bowie por muitas horas, o que foi definitivamente uma das partes mais divertidas do meu trabalho”.

“Então eu sentei com uma guitarra e comecei a cantar e o processo inteiro de compor essa música levou uma hora ou duas. Depois me disseram: ‘ei, nós vamos tentar conseguir o Jemaine Clement [de Flight of The Conchords] para cantar isso’. Nós fizemos uma sessão enquanto ele estava na Nova Zelândia e nós no escritório em Burbank falando com ele pelo telefone. Eles gravaram todas as suas falas para o episódio e aí só sobraram 20 minutos para nós fazermos todos os vocais da música. Felizmente, ele é um profissional completo. Eu usei o primeiro take dele. Ele acertou de primeira.”

7. Fã descobriu um segredo que só seria revelado no final

Um grande segredo seria revelado somente no final da série, esta era a ideia original dos criadores. Entretanto, o plano foi abandonado porque um fã conseguiu descobrir o segredo antes mesmo que ele fosse introduzido na história.

“Quando escrevemos o primeiro episódio, tivemos uma conversa em que acho que foi o Mike McMahan [um dos roteiristas] que disse: ‘Vamos decidir se teremos um segredo que manteremos oculto da audiência para sempre?’, e nós dissemos: ‘Que tal isso?’ e concordamos. Eu fiquei meio obcecado por isso por um tempo”, conta Harmon.

“Mas o que eu acho que é realmente interessante sobre essa nova era de ouro da TV é que, no meio da primeira temporada, alguém fez um post no Reddit apresentando uma teoria, e era exatamente o que a gente havia discutido. Os fãs têm um limite de cálculo infinito. Não há sala de roteiristas que consiga pensar mais do que 20 milhões de pessoas se dedicando uma hora por dia”, disse. Quando questionado sobre o segredo, Harmon decidiu manter o mistério: “Não vou dizer o que era”.

Será que tinha algo a ver com o Evil Morty? Nunca saberemos.

evil morty

Compartilhe nas redes sociais:
Bárbara Oliveira

Bárbara já foi jornalista, professora, tradutora e palhaça (no sentido denotativo e no conotativo também). Ri das coisas mais bobas e adora piada ruim. Sabe de cor as falas dos seus seriados e filmes favoritos, tem medo de boneca e não assiste a filmes de terror de jeito nenhum. Na verdade, até assistiria se oferecessem muito dinheiro. Sonha em ter um pug preto, gordo e bem vesgo. Gosta muito de chá.

Leia Também

Adicione Um Comentário.