Samurai X | Kenshin Himura e o quarto filme da série em live-action

Samurai X | Kenshin Himura e o quarto filme da série em live-action

Autor: 92

Os fãs de ‘Samurai X‘ tem muito o que comemorar já que um novo filme em Live-Action está em desenvolvimento. E o melhor de tudo é que a produção deve ser uma continuação da trilogia iniciada em 2012, com ‘Rurouni Kenshin‘, que no Brasil recebeu o nome clássico ‘Samurai X – O Filme’, e finalizada em 2014 com as sequências ‘Rurouni Kenshin: Kyoto Inferno‘ (Samurai X – O Inferno de Kyoto) e ‘Rurouni Kenshin: Densetsu no Saigo-hen’ (Samurai X – O Fim de uma Lenda).

A informação veio da atriz Emi Takei, que interpretou Kaoru Kamiya na adaptação para live-action, em entrevista ao jornal japonês Daily Sports. A equipe de produção do filme não desmentiu e nem confirmou a informação, mas dá-se como certa a produção do novo filme, uma vez que Takei está rompendo a maioria de seus contratos devido a gravidez e ao casamento recente, mas que, por ser uma das personagens principais em ‘Samurai X’, não pode ser substituída por outra interprete.

A suspeita é de que o novo filme seja uma adaptação da saga de Enishi, também chamada de Jinchuu ou “Justiça dos Homens”. Oportunamente, a gravidez de Takei permite adaptar junto a esse enredo o episódio especial de três minutos feito em 2006 para o anime, onde aparece o filho de Kenshin e Kaouru, o jovem Kenjin, sendo este episódio considerado o fim definitivo da história.

Quem cresceu nos anos 90 e 2000 com certeza se lembra da estreia de ‘Samurai X’ na TV brasileira (Globo), contando a história de Kenshin Himura, um jovem espadachim andarilho e pacífico do período Meiji, mas com um passado terrível em que era conhecido como Battousai, O Retalhador, e de como esse passado volta para assombrá-lo.

+Leia também: Top 7 | Melhores animes disponíveis no catalogo da Netflix
+Leia também: Blade – A Lâmina do Imortal | Muita ação regada a sangue na adaptação do mangá

Mangá

samurai x

O sucesso da série foi tanto, que não demorou muito para a JBC trazer o mangá a terras tupiniquins, e em 2001 foi lançado com o título original, ‘Rurouni Kenshin – Crônicas da Era Meiji‘, em 56 volumes, metade de um volume normal, conhecido como tankōbon. E a pedido dos fãs, em 2012 a editora relançou o mangá em 28 volumes, junto a estreia do primeiro live action.

Compartilhe nas redes sociais:
Yuri Hupsel

Xará do cosmonauta russo, se mete a ser escritor, é praticante de parkour e tenta fazer pixel art nas horas vagas. Sonha comprar a Marvel um dia. Futuro estudante de Direito, tem um ou dois pés no jornalismo desde criança, sendo filho de jornalista e sido educomunicador. E atualmente, é o representante brasileiro no Santuário, como Cavaleiro de Ouro de Aquário.

SAIBA MAIS SOBRE

Leia Também

‘Rurouni Kenshin: The Legend Ends’ ganha novo trailer

‘Rurouni Kenshin: The Legend Ends’ ganha novo trailer

Adaptações de animes que merecem ser assistidas

Adaptações de animes que merecem ser assistidas

Top 7 | Melhores animes disponíveis no catalogo da Netflix

Top 7 | Melhores animes disponíveis no catalogo da Netflix

‘Samurai 7’, uma nova forma de ver a obra clássica de Akira Kurosawa

‘Samurai 7’, uma nova forma de ver a obra clássica de Akira Kurosawa

Adicione Um Comentário.