Dia dos Namorados | Casais da ficção que não são casais na vida real – mas, sério, deveriam!

Dia dos Namorados | Casais da ficção que não são casais na vida real – mas, sério, deveriam!

Autor: 758

A gente finge que não, mas dá uns pulinhos de alegria quando descobre que aquele casal da ficção acaba ficando junto na vida real. Sabe como é né? Aquele tempo todo juntinho atrás das câmeras, beijo técnico pra lá e pra cá, aquela conversa entre uma cena e outra… E mesmo que alguns casais sejam bem improváveis – vai que o ator é casado e a atriz comprometida? – não dá para evitar torcer por um romance entre eles quando a química nas telonas é tão boa, dá?

Pensando nisso, o Uber7 preparou uma lista – sucinta – dos casais do cinema que poderiam facilmente se casar e ter filhos lindos relacionar fora das telas. Shippemos!

 

Meryl Streep e Robert De Niro

Dois titãs do cinema e três filmes juntos no currículo. Como se não houvesse amanhã, aliás, Meryl Streep e Robert De Niro vão contracenar pela quarta vez, na adaptação do romance “The Good House”, best-seller de Ann Leary. Ambos ganhadores do Oscar, os dois já trabalharam juntos em “O Franco Atirador” de 1978, em “Amor à Primeira Vista” de 1984 e, anos anos mais tarde, em 1996, no longa “As Filhas de Marvin”.

Para quem não lembra, o casal marcou época no conto romântico “Amor à Primeira Vista” e mesmo que de lá pra cá tenham se casado – De Niro é casado desde 1997 com Grace Hightower, com quem tem uma penca de filhos, enquanto Meryl é casada com Don Gummer desde 1978 com quem tem uma filha, a também atriz Mamie Gummer – não podem esconder a adoração que tem um pelo outro, bem como o respeito por seus trabalhos. Como não é só de adoração e talento que se faz um relacionamento, por enquanto é melhor deixar esses dois no nível “amor platônico” mesmo.

 

robert-de-niro-meryl-streep

Em um comunicado à imprensa da FilmNation: “É inegável a autenticidade e a química que Meryl e Bob vão nos oferecer, ao trazerem esses personagens à vida”. Sim!

Julie Delpy e Ethan Hawke

Sabe aquele casal super legal com quem você se dá muito bem e quer que fique junto pra sempre? Ethan Hawke e Julie Delpy são esse casal. Nenhum outro filme – ou série – conseguiu fazer igual e nunca houve casal no cinema como Jesse e Celine. Quase duas décadas atrás, Linklater se uniu a Hawke e Julie para criar o clássico romântico “Antes do Amanhecer”. Na trama, o casal se conhece por acaso, num trem, e decide passar o dia em Viena, apenas para aproveitar a companhia um do outro. Tudo o que antecede o amor – os flertes, as piadas, os silêncios, os olhares, o beijo – é evocado na obra de forma singela e pungente. O que fica, no final, é a sensação de ter vivido tudo aquilo de novo. A história foi retomada nove anos depois, em “Antes do Pôr do Sol”, quando Jesse e Celine, já na casa dos trinta, se encontram casualmente em Paris, ambos insatisfeitos com os respectivos relacionamentos.

Anos depois, em “Antes do Anoitecer”, Celine e Jesse já estão juntos há anos e enfrentam agora os mesmos problemas de qualquer casal. Amigos há mais de 18 anos ele não poupam elogios um ao outro: “Ethan e eu temos muita coisa em comum. Nós dois começamos a atuar muito jovens. A dinâmica entre nós sempre foi perfeita. A colaboração que Ethan e eu temos é muito especial. É uma amizade verdadeira.” Afirmou Delpy em uma entrevista. Já Hawke comentou de outra forma: “Eu acho difícil uma amizade verdadeira entre homens e mulheres, mas nós dois criamos uma intimidade entre nós que, para mim, é a marca de uma amizade verdadeira.” É, pelo jeito é só amizade mesmo – estejam eles casados ou solteiros, com ou sem filhos. Que coisa não?

hawke delpy

“(…) como o nascer e o pôr do sol, qualquer coisa efêmera. Como nossas vidas. Nós aparecemos e desaparecemos. E somos tão importantes para alguns, mas nós estamos só de passagem.” – Antes da Meia-Noite

Kate Winslet e Leonardo DiCaprio

A longa lista de modelos que namoraram DiCaprio inclui Tori Garrn, Bar Rafaeli e Gisele Bündchen. Mas fica a pergunta: Por quê, se ele tem Kate Winslet? Nunca entenderemos!

Lá se foram quase duas décadas que os amigos deram vida ao casal Rose a Jack de “Titanic”. Para quem não lembra, o casal de naufragado não foi a única parceria da dupla: em 2008 eles deram vida a April e Frank Wheeler em “Foi Apenas um Sonho”. Nesse meio tempo os dois fortaleceram uma amizade para além das câmeras: no Oscar de 2009, por exemplo, Kate foi indicada por “O Leitor” e mostrou no tapete vermelho um colar que havia sido presente de Leo – e não foi só isso! Ele também comprou um anel de ouro gravado para ela após as filmagens de “Foi Apenas um Sonho”, mas o conteúdo da gravação foi mantido em segredo. Cof Cof, em segredo, queridos, em segredo.

kate dicaprio 2

Quando Leonardo DiCaprio disse que Titanic não teria sido o mesmo sem Kate: “Essa é a minha garota. Se não fosse por ela, o filme não teria saído”.

Os filhos de Kate o chamam de “Tio Leo” e, em 2012, quando Winslet se casou com Ned Rocknroll em uma cerimônia secreta, DiCaprio a levou até o altar. Quando foi ao programa de Oprah, Leo disse: “De muitas maneiras, Kate e eu crescemos juntos nesta indústria; nós fomos um mecanismo de apoio um para o outro por um longo período de tempo. Estamos sempre prontos para ajudar e guiar um ao outro”. E finalmente, depois de quatro indicações, Kate ficou com lágrimas nos olhos durante o discurso de Leo após o ator finalmente ganhar seu Oscar – provavelmente o momento mais emocionante de toda a cerimônia. Os dois atores continuam a manter uma boa relação e a demonstram sempre que aparecem juntos em público, ou seja, não há como negar. Minha dica é: Não fujam, Leo e Kate! Se entreguem!

kate dicaprio

Quando Kate Winslet disse que 2016 era O momento de Leo DiCaprio: “Sinto muito fortemente que este pode ser o ano do Leo. Ele é o meu amigo mais próximo no mundo e eu simplesmente não consigo nem imaginar não estar lá para apoiá-lo”, declarou em entrevista.

Drew Barrymore e Adam Sandler

Drew Barrymore e Adam Sandler possuem uma relação bastante invejável e, no entanto, os dois atores nunca namoraram. Poxa! A primeira vez em que a dupla atuou junto foi no ano de 1998, em “Afinados no Amor” e logo de cara os carismáticos atores conquistaram a nossa atenção. A parceria deu tão certo que se repetiu em 2004, no filme “Como Se Fosse a Primeira Vez”.

Quase dez anos depois e pra quem achou que era o fim da parceria, em 2014 Drew e Sandler voltaram com “Juntos e Misturados”, onde Barrymore é Lauren, uma mulher recém-separada que foi traída pelo marido e tem um desastroso encontro às cegas com o viúvo de Sandler, Jim. Diferente das outras produções, nenhum dos dois se apaixona à primeira vista, mas o destino acaba se encarregando de fazê-los se encontrar novamente – o que na vida real, aliás, parece ser fácil para os dois atores!

Barrymore planeja fazer mais filmes com Adam Sandler. Ela confessou que ama trabalhar ao lado do ator e disse, ainda, que seria muito divertido poder contracenar com ele novamente, mas Adam usou seu humor ao dizer que sempre dá alguns anos de folga para ela entre um filme e outro: “Ela não ia querer isso para ela todos os dias, então dou uma folga de quatro ou cinco anos. Depois eu volto e a lembro o motivo dela ter me superado”.

sandler-barrymore

Drew se declarou ao colega de profissão: “Às vezes, os atores têm uma química instantânea e você simplesmente sente que vai ser agradável trabalhar com aquela pessoa. Adam e eu temos isso”. Own! Parem, seus fofos!

Sandra Bullock e Keanu Reeves

Há 22 anos, “Velocidade Máxima” lançou Sandra ao estrelato e transformou Reeves em um dos mais bem pagos e cobiçados atores de Hollywood. Muita coisa certamente mudou na vida dos dois atores nesses últimos anos, mas há algo entre eles que permanece: “Ele continua tão bonitão quanto naquela época”, dispara Sandra, olhando Keanu no olho – e ele retribui o mimo: “Ela parece mais jovem. Realmente Sandra ficou mais linda e criativa.”

O clima durante a entrevista dos dois – que 12 anos depois do primeiro sucesso retornaram às telas, juntos, com o filme “A Casa do Lago” – é de total intimidade, como aqueles amigos de colégio que se reencontram depois de anos de distância e parece que nada mudou. A química no ar é tamanha que fica difícil acreditar que eles sejam só amigos. Keanu e Bullock teriam filhos lindos e idolatrados mesmo antes de nascer, mas ficam na velha conversinha mole. “Agora, ao menos, temos uma casa. Nosso relacionamento está evoluindo”, brinca ele. “Achamos bem mais romântico, sabe como é, uma casa não fica chacoalhando o tempo todo”, ela concorda. Sandra e Keanu estão sol-tei-ros. Talvez esse seja o momento deles. Só achamos!

lakehouse5

Os pequenos detalhes: “Ele não consegue parar de fumar, eu não paro de tomar café.” Declarou Sandra após uma entrevista. Ai ai…

Kate Hudson e Matthew McConaughey

McConaughey e Hudson trabalharam em “Como Perder um Homem em Dez Dias” e não demorou para que Hollywood voltasse a juntar os queridinhos campeões de bilheteria na comédia romântica “Um Amor de Tesouro”. Os personagens? Um sujeito boa-pinta e aventureiro que explora os oceanos em busca de tesouros e negligencia seu casamento com Tess, que pede o divórcio. Mais alguém percebeu um mash up bem interessante dos dois filmes?

Fora das telas, McConaughey  tem um relacionamento com a modelo brasileira Camila Alves e Kate curte a maternidade do pequeno Ryder, fruto de seu casamento com o roqueiro Chris Robinson. Ainda assim, todos se perguntam: a química entre os dois é algo que simplesmente aconteceu? Os próprios atores respondem e Matthew, inclusive, até sorri quando diz que “Acredito que há algo bom entre mim e Kate”. Ela também não fica atrás: “Acho que apenas aconteceu. No primeiro encontro que tivemos antes de rodar ‘Como Perder um Homem em Dez Dias’, creio que todo o mundo pensou: ‘Nossa, isso realmente vai ser divertido e fácil’. Porque nós nos demos tão bem”. Às vezes imagino que houve ocasiões onde os dois se surpreenderam em cena com esse “afeto” todo!

McConaughey diz que adoraria fazer outra comédia romântica com Kate Hudson: “Funciona conosco. E me divirto trabalhando com ela. Não dá para explicar esse tipo de química na tela”, afirma.

Cate Blanchett e Brad Pitt

Seja perdendo sangue nos braços do amado em “Babel”, de 2006, ou vendo o amor da sua vida ficando cada dia mais jovem em “O Curioso Caso de Benjamin Button”, de 2008: Cate e Brad não tem como negar a serenidade e o carinho em cena. Claramente entregues e seguros na companhia um do outro, os atores estão novamente juntos no ambicioso documentário “Voyage of Time”, desta vez como narradores. Depois de Jennifer Aniston, Brad engatou o romance com Angelina Jolie em 2005 e, de acordo com Cate – que é casada desde 1997 com Andrew Upton – ela se negará a trabalhar com ele novamente. “Honestamente, só de ver como ele é loucamente apaixonado por Angelina é realmente péssimo. Horrível”, disse ela brincando em uma entrevista. Brincando, claro!

Cate-Blanchett-Brad-Pitt

“Ele é incrivelmente comprometido com o que faz, e eu o admiro por isso. Ele é realmente incansável”. Diz Cate sobre o companheiro de cena.

Emma Stone e Ryan Gosling  (Ryma, Eman, Stonling?)

Eles não poupam elogios um ao outro e estão sempre sorrindo nas fotos. “Amor a Toda Prova” e “Caça aos Gângsteres” são dois filmes em que Ryan e Emma, rindo ou sérios, não conseguem disfarçar a inegável química que rola entre eles. Como se não bastasse esses dois filmes, a dupla está de volta em “La La Land”, novo filme de Damien Chazelle (Whiplash), um musical que se passa na Los Angeles do século XXI. O filme acompanha os passos do pianista Sebastian (personagem de Gosling) e da atriz Mia (personagem de Stone), casal que compartilha momentos de canto e dança – jura? – enquanto lida com seus dilemas profissionais e as questões do amor.

Em 2015, Stone acabou seu relacionamento de longa data com o ator Andrew Garfield. Já Gosling é casado com a, também atriz, Eva Mendes desde 2011 e ainda têm duas filhas! Mas, como a mídia não aguenta ficar quieta, já se ouve rumores de “encontros secretos” entre Emma e Ryan. Falta do que fazer ou realidade?

Em entrevista de lançamento de “Caça aos Gângsteres” Emma falou sobre como foi trabalhar com Ryan: “Foi difícil, pois estávamos acostumados a fazer o outro rir e aqui tínhamos que ficar sérios o tempo todo. Foi bem difícil.” Claro, amiga, claro.

Jennifer Lawrence e Bradley Cooper

Eles são alvos de boatos constantes sobre um possível relacionamento e nós não negamos o interesse de vê-los juntos de verdade.  Lawrence e Cooper já atuaram juntos em três filmes: “O Lado Bom da Vida”, “Serena” e o recente “Joy: O Nome do Sucesso” – e como se não bastasse a fofoca que a mídia levanta sobre os dois, Jennifer fez questão de deixar claro que em todas as cenas que fizeram, o beijo foi para valer. Segundo a atriz, os dois são “super amigos” na vida real, mas, sim, se beijam de verdade nas cenas românticas. Oras e por que não? Quem não curte nada disso é a atual namora de Cooper, Irina Shayk, que não vê com bons olhos essa “amizade” cheia de intimidade entre os dois.

A relação de Jen e Bradley sempre teve muita especulação e o radialista Howard Stern aproveitou a visita de Cooper ao seu programa para perguntar: “Quando vocês dois farão sexo? Está todo mundo esperando por isso”. “Nunca”, respondeu Cooper em meio a risos. É, pelo jeito não importa quantos empurrõezinhos eles recebam, eles querem continuar sendo amigos (e se beijando de verdade nos filmes). Vejamos por quanto tempo.

bradley-cooper-e-jennifer-lawrence

Durante uma entrevista, Jennifer brinca com o colega de trabalho sobre estarem sempre contracenando: “Bradley está no filme? Então estou fora!”, implica. Aham, tá bom amiga.

Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux

Quando “Azul é a Cor Mais Quente” foi lançado em 2013, ele ganhou a Palma de Ouro do Festival de Cannes. O filme, a propósito, seria só mais uma história de amor, não fossem as longas e explícitas cenas de sexo vividas entre as duas protagonistas. Exarchopoulos e Seydoux são o casal lésbico no filme, mas isso não quer dizer muita coisa: o que interessa é acompanhar a história de amor entre as duas – do início, cheio ansiedade e descobertas, até o melancólico final – e se deparar com todas as nuances de uma grande paixão, eterna enquanto durou. O trabalho de extrema delicadeza e comprometimentos das atrizes é tamanho que quando tudo acaba, você sente que o amor entre elas não pode, de jeito nenhum, ter acabado ali.

blue_is_the_warmest_color

Adèle afirmou em entrevista: “As cenas mais difíceis para mim foram as de separação, em que brigamos. Porque depois de toda a cumplicidade, vem o rompimento. Foi intenso.”

Menção honrosa:

Em uma quase versão brasileira do clássico “Uma Linda Mulher”, a rede Globo nos apresentou Camila Pitanga como Bebel e Wagner Moura como Olavo, na novela “Paraíso Tropical”, de 2007. O sisudo empresário não conseguiu esquecer a prostituta depois de ter passado uma noite com ela e, desde então, os dois passaram a se encontrar com cada vez mais frequência. Apesar de apaixonado, Olavo não conseguia admitir estar louco para ficar com ela e a paixão avassaladora entre os dois foi um dos grandes destaques da novela. A química entre os dois atores? Explosiva! Admita: você só assistia a novela por causa deles!

PitangaWagner

“O Wagner eu considero como irmão. Eu tenho um profundo respeito pelo trabalho dele.” Enfim né!

Compartilhe nas redes sociais:
Ana Terra

Carioca da clara, amante de praia e do sol de 40°. Ana Terra é designer gráfica - de vez em quando modelo, de vez em quando atriz. - e fotógrafa de Instagram. Adora viajar, gosta de música e cultura e assiste a muitos seriados. Descobriu seu lado nerd quando era menina pequena no Rio, época em que jogava RPGs e virou cinéfila de carteira assinada.

SAIBA MAIS SOBRE

Leia Também

Uberlist | Playlist para quem vai passar o Dia dos Namorados sozinho e feliz

Uberlist | Playlist para quem vai passar o Dia dos Namorados sozinho e feliz

Dia dos Namorados | Casais do cinema que não tiveram final feliz

Dia dos Namorados | Casais do cinema que não tiveram final feliz

Dia do Amigo | As amizades intensas e inesquecíveis da ficção

Dia do Amigo | As amizades intensas e inesquecíveis da ficção

Dia do Amigo | Os melhores bromances do cinema e da TV

Dia do Amigo | Os melhores bromances do cinema e da TV

Adicione Um Comentário.